Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos Eróticos Grátis » Contos Eróticos de Putaria » Minha amiga bandida (parte 01)

Minha amiga bandida (parte 01)

Publicado em 6 de março de 2024 por Laura

Verão época de piscinas, fui convidada por minha madrinha para ir a praia com a família dela, aceitei como já tinha feito diversas vezes. Chegamos na casa da praia já estava anoitecendo. Jantamos e logo fui dormir, no outro dia fomos a beira do mar, quando então tive a felicidade de encontrar com minha querida amiga de praia, sempre, sempre que eu ia encontrava e saía com a Flavinha. Ela tinha meses mais que eu de idade. Fomos caminhar na beira do mar, ele me contou que tinha uma namoradinho na praia, que era um amor, de família muito boa, que tinham uma casa na praia também e que naquela noite estavam combinados de se encontrarem no centro, “vc vai também, passo pra buscar vc, vou arrumar um namorado pra vc”, (risos ). Ela então começou fazer propagando do Guto, (Gustavo) que era o namoradinho de praia dela, lindo, querido, amável, carinhoso, etc, etc, e que ele tinha uma coisa especial, novamente risos, claro que entendi.

A noite, eu já tinha terminado de jantar, ela apareceu, no carro o tal do Guto, que ele me apresentou, lindo mesmo, educado, legal. Indo para o centro, ela se atirava pra cima dele, beijava ele na orelha, passava mão, nos cabelos, no rosto, e mesmo estando escuro, vi que a mão dela desceu, devia estar pegando o pau dele, com certeza, ela estava bem agitada. No centrinho, fomos a um barzinho, muita conversas, ele contando piadas, a Flavinha se divertindo, se jogava em cima dele, começamos beber cerveja, uma, duas, três, e dai parei, não estava acostumada, já meio tonta. ” vamos terminar a noite lá em casa, os véios ,voltaram hoje pela manhã pra cidade, estou sozinho abandonado”, “abandonado nada, vc que pensa eu e a Laurinha, vamos cuidar de vc “, risos, Flavinha falou. Outra vez no carro, aqueles agarros da Flavinha no Guto e a mão dela lá, descansando sobre a calça dele. A Flavinha não disfarçava, estava bem agitada. Entramos na casa, uma linda casa, ficamos na sala, o Guto foi direto na cozinha e logo veio com cervejas, acabei bebendo mais aquela. Os dois ali do meu lado no mesmo sofá, a Flavinha amassava ele, que começou a corresponder, amassando ela também, apertava os seios dela, ela pegando o pau dele por sobre a bermuda, ele apalpando ele na bucetinha, esfregava os dedos, ele levantou rápido e tirou a bermuda a cueca e a camisa que estava ficou totalmente nu, e…. a coisa que a Flavinha tinha dito que era especial, apareceu alí na nossa frente, enorme, duro reto, pulsando, ele levantou também e pegou, começou masturbar, me olhou, “Laura levanta, vamos tira tua roupa, tira tudo, vai ser legal”.

Minha amiga bandida (parte 01)

Não reagi, ele veio até mim e me puxou e eu não consegui levantar sem saber pq eu estava sem forças pra levantar,  ” bebe e depois fica mole né”, a Flavinha falou. O Guto veio ajudar, me levantaram e em segundos estava nua também. Assim que fiquei nua, me colocaram sentada no sofá ao  lado deles, a Flavinha masturbava o pauzão dele, uma mão dele, tocou minhas pernas e foi direto na minha bucetinha, esfregando os dedos, começando a dar umas entradinhas de leve, ele então se aproximou bem ficando no meu ladinho, pauzão apontando pro teto e a Flavinha sempre segurando ele, foi quando a Flavinha levantou, me puxou pelos dois braços, fazendo eu me levantar e me colocou de volta, desta vez por cima do Guto, ” senta nele querida ” a Flavinha falou, enquanto me ajeitava na posição me baixando devagar, antes de eu sentar em cima ela me largou e pegou o pauzão dele, então ele foi me baixando, eu tentava volta a ficar em pé, mas sem força, a safada da Flavinha que acertou a pontaria, ele me largou devagar, fui caindo, senti aquela coisa dura, grossa, cabeçuda, me alargando, eu fazia muitoooo, tempo que não tinha mais transado, e me largaram total, fiquei com tudo dentro sentada em cima, sem me mexer. A Flavinha ali do lado, hora se masturbava, hora apertava meus seios, minha nádegas, louca louca, ” Guto, não goza, não coza, vc nem é louco gozar, também quero”, beijava ele, eu nem me mexia, cada vez mais fraca, ele me empurrou eu senti aquele alívio, quando o pauzão saiu fora, me fizeram ficar ali do lado, a Flavinha pulou sobre ele, logo se enterrando e começou cavalgar, falava coisa, dava uns gritinhos, “não goza Guto, segura, segura “, era o que falava, então acelerou a cavalgada, se tremeu toda, gozou… “Guto , não goza, deixa agora eu fazer como eu gosto”, sentou ao lado dele, fiquei do outro lado só olhando, o pauzão dele melado, super duro, ela começou masturbar, baixou a cabeça e engoliu quase todo, voltou a masturbar, então ele começou se espichar erguendo as pernas retas um pouco, começou gemer, se contraiu, e gozou, cuspiu o gozo pra cima, eu meio que me apagando, ardida na bucetinha. A Flavinha me fez deitar de corpo inteiro no sofá, e foi só o que eu precisava, apaguei. Me acordei já era de madrugada, entrei no quarto dele os dois dormiam, acordei a Flavinha, que acordou o Guto pra nos levar embora. Tive que acordar minha madrinha pra poder entrar em casa, fui direto pro banheiro, e depois pra cama. Pela manhã já próximo ao almoço, fui acordada pela Flavinha safada, rindo, apertando minhas nádegas, “vem vamos sair, o Guto tá ai em baixo, vamos sair, almoçar fora.

Me arrumei falei pra minha madrinha que ia almoçar fora e sai.

“Laurinha, hoje vou arrumar um namoradinho pra vc, tá ?” (risos )

…. segue no capítulo 2, minha amiga bandida ……

2268 views

Contos Eróticos Grátis Relacionados

Comendo a filha da minha mulher na cozinha

Comendo a filha da minha mulher na cozinha. Eu quero contar um pouco sobre essa experiencia que eu tive com Beatriz. Uma jovem de 18 aninhos que me matou de tesão, isso tudo porque ela queria viajar...

LER CONTO

Novinha chupando na festa da faculdade

Novinha chupando na festa da faculdade. Vou contar uma historia que rolou esse final de semana aqui na republica onde moro. Eu botei Andresa pra mamar minha pica, ela é filha do prefeito de nossa...

LER CONTO
ADS Comi a esposa do meu irmão corno

Comi a esposa do meu irmão corno

Ao passar pelo quarto onde estava Taís, porta aberta olhei e vi Taís deitada de bruços com seu bundão quase todo de fora, com uma minúscula calcinha entrando pelo seu rego e a bainha da camisola embolada na sua cintura (aqui nessa parte faz ele na porta tendo a visão dela deitada); levei um susto quando ouvi: - Pode entrar Alberto!...

VER

Comi minha sogra safada dentro do carro

Comi minha sogra safada dentro do carro e a putona gozou gostoso. Quem nunca teve vontade de foder a sogra ne? Eu pelo menos tive a sorte de ter uma sogra bem gostosa. Ela não é bonita, já tem 45...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 4 = ?

Xvideos - Sexo com cachorro - Porno - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - Coroas Peladas - X videos - Corno - Filme Porno - Video de Sexo - X video - Porno Brasileiro - Pornô - Xvideos Pornos - Filmes Online Grátis - Putaria Telegram

Leia os melhores contos eróticos grátis. Neste site você vai encontrar milhares de contos eróticos para ler gratuitamente! São relatos eróticos reais contado pelas pessoas que vivenciaram, inclusive você pode contar sua história também, clicando em "escreva seu conto", será um prazer para nós publicarmos seu relato.

Contos eróticos grátis - Contos adultos - Contos porno

Nós separamos os contos adultos separados por categoria para facilitar a sua busca, assim você vai poder encontrar com facilidade contos eróticos de incesto, fetiche, corno, lésbicos, gays, travestis, picantes, entre outros temas. Está procurando histórias eróticas para ler sem ter que pagar por nada? Você é daquelas pessoas que prefere ler e imaginar do que assistir? Nosso site foi feito especialmente para você! Tenho certeza que você vai adorar ler todos nossos contos eróticos.

Se você está procurando por contos eróticos, você está no lugar certo. Nossa coleção de relatos é repleta de histórias únicas e sedutoras. Desde contos de aventuras sensuais, a contos de amor e desejo, temos tudo o que você procura. Nossos contos eróticos são emocionantes, divertidos e cheios de excitação. Os leitores podem desfrutar de contos de suspense, contos de ação e aventura e contos de terror. Se você é um amante de histórias eróticas, não procure mais. Nossa seleção oferece uma variedade de contos de autores experientes e talentosos.

Você vai adorar as histórias incríveis e o estilo único de cada conto. Se você está procurando por contos eróticos para satisfazer seus desejos íntimos, nossa coleção é a escolha perfeita. Experimente os contos porno cheios de emoção e descoberta. Não há limites para a imaginação, e os contos eróticos oferecem ao leitor uma grande variedade de cenários, personagens e desejos. Escolha entre relatos tradicionais ou contos modernos, cada um contando uma história emocionante. Nossos contos adultos são escritos por alguns dos melhores autores do país. Se você está procurando por contos eróticos para satisfazer seus desejos íntimos, não procure mais.

Nossa seleção de relatos oferece ao leitor a oportunidade de desfrutar de histórias sensuais e provocantes. Não importa o que você está procurando, nossa coleção tem algo para satisfazer todos os gostos. Seja qual for o seu estilo, nossos relatos eróticos oferecem horas de diversão e excitação. Nossa coleção de contos adultos traz ao leitor a oportunidade de desfrutar de histórias emocionantes e empolgantes. Se você está procurando por histórias de sexo reais para satisfazer seus desejos íntimos, não procure mais. Nossa seleção oferece uma variedade de contos de autores talentosos e experientes. Aproveite os contos eróticos cheios de romance e descoberta.
© 2024 - Contos Eróticos Grátis